quinta-feira, 30 de agosto de 2018

Maria e seu Advogado


Escolher "a melhor parte" deu à Maria de Betânia o reconhecimento do próprio Jesus. Mas, considerando as reações daqueles em torno dela, não deve ter sido das escolhas mais fáceis. Se escolhermos o mesmo caminho hoje, qual será o resultado em nossa vida. O vídeo desta semana analiza o resultado dessa escolha na vida de Maria e se vale a pena tomar o mesmo caminho.

sábado, 18 de agosto de 2018

O que nada (nem o Agora) pode roubar de você


Estamos a menos de um mês do Agora 2018, um congresso para a Igreja do Senhor na América Latina e Caribe, realizado pela Cru, nossa organização missionária. Imagine todo o trabalho envolvido na realização de um grande evento. Agora multiplique pela palavra "missionário". Tá, não dá pra multiplicar por algo que não seja um número. Mas eu só queria uma maneira de expressar que qualquer desafio ganha uma dimensão muito maior se você acrescenta a palavra missionário a ele. Muito trabalho voluntário, contar com recursos que não sabemos como chegarão, se envolver em guerra espiritual. Não falo como murmuração, creio que é mesmo o "tempero especial" de Deus.

Nos últimos dias tenho pensado bastante na visita de Jesus a Marta e Maria. Sempre li o texto como se os três estivessem sozinhos. Mas hoje penso que não, Jesus atraía muita gente por onde passava, então a casa devia estar cheia. Não era um grande evento como o Agora, mas era o suficiente para deixar Marta bastante atribulada. As duas irmãs mostram dois tipos de resposta frente a momentos atribulados (mesmo um congresso "de Deus" como o Agora pode ser exemplo de um momento assim). Marta mostra que podemos colocar nosso foco no trabalho do Senhor, em vez de no próprio Jesus. Com Maria aprendemos que não precisamos responder à agitação ao nosso redor como a situação parece exigir.

Assista ao vídeo e pergunte ao Senhor se você tem sabido escolher a melhor parte. Se você está indo para o Agora, pergunte-se como seria se esse fosse um congresso de Marias.

Final de temporada


Missao dada, missão cumprida. Ok, demorou muito mais do que eu tinha planejado inicialmente. Mas aqui vai o último vídeo da série sobre Filipenses.

Ao dizer que o Deus de Paz estaria conosco se o imitássemos, estaria Paulo prometendo que o sofrimento deixaria de fazer parte da nossa vida. É fácil, pelo menos intelectualmente, compreender que o aqui e o agora não são o alvo de um verdadeiro seguidor de Jesus. Nossa esperança está nos céus. Porém, quem nunca se deixou abalar pelas dúvidas que aparecem quando sofremos? Fizemos algo errado? Deus se esqueceu de nós? Se coisas ruins continuam acontecendo, o que isso diz sobre a minha fé. Confira no vídeo.